Mapa de Oportunidades

Agricultura Familiar será foco do Cidade Empreendedora em Ribas

Eixo de programa foi decidido por representantes da população na manhã desta sexta-feira. Ações serão coordenadas por Sebrae e Prefeitura Municipal

50 pessoas, dos setores público e privado, participaram da oficina para escolher o eixo

A Agricultura Familiar foi escolhida como eixo prioritário pela população de Ribas do Rio Pardo para o programa Cidade Empreendedora, desenvolvido pelo Sebrae/MS e pela Prefeitura Municipal, e que contará com o envolvimento de todo habitante interessado em participar das suas ações.

A definição saiu da oficina do Mapa de Oportunidades realizada na manhã desta sexta-feira (9), evento que contou com a participação de 50 pessoas, – integrantes dos setores público e privado – para discutir pontos fortes e fracos do município, e oportunidades e ameaças existentes.

Segundo o prefeito Paulo Silveira, a gestão pública já estava focada em trabalhar com base no Plano Diretor, apostando em infraestrutura para preparar o ambiente necessário ao desenvolvimento local; porém, o engajamento da população nesse processo é fundamental.

“O potencial que Ribas tem é para desenvolver não só o município, como também todo o estado. Mas para isso acontecer todos nós precisamos estar de mãos dadas, pois o prefeito não consegue resolver tudo sozinho e o trabalho precisa continuar após 4 anos”, diz.

Mesmo que a Agricultura Familiar tenha sido eleita, a ideia é que ele sirva de base para o crescimento de outros setores mencionados na dinâmica, como, por exemplo, Comércio e Serviços. Para o líder municipal, todos os pequenos negócios devem estar preparados para as “oportunidades que surgirão com o crescimento da cidade, atendendo às demandas de outros negócios de maior porte que se instalarão”.

De acordo com Claudio Mendonça, superintendente do Sebrae/MS, as ações do programa serão construídas e trabalhadas até o final de 2019; “porém, criam-se estruturas, ferramentas organizacionais e um ambiente favorável que permanecerão aqui para que as próximas gestões municipais e gerações da sociedade, juntos, se beneficiem e as melhorem a cada dia”, aponta.

O Cidade Empreendedora está dividido em oito pilares que visam acelerar o crescimento dos municípios: Mapeamento de oportunidades; Desburocratização; Sala do Empreendedor; Compras locais; Liderança; Cultura empreendedora e inovação; Plano de Desenvolvimento Econômico; e Desenvolvimento empresarial.

Os interessados em conhecer mais sobre a metodologia do programa e detalhes dos trabalhos realizados em Mato Grosso do Sul devem entrar em contato com a Central de Relacionamento do Sebrae pelo telefone 0800 570 0800 ou ainda pelo site www.sebraecidadeempreendedora.com.br.