Bonito Seguro

Bonito Seguro: Com apoio do Sistema S, município se prepara para retomada do turismo

Sebrae/MS e entidades realizam ações para pequenos negócios adotarem protocolos de biossegurança, garantindo selo para destinos turísticos

Interessados nas consultorias devem procurar o Sebrae pelo telefone 0800 570 0800Com a previsão do retorno da atividade turística em julho em Bonito, o Sebrae e as entidades do Sistema S atuam para auxiliar os pequenos negócios na adoção de protocolos de segurança. O programa “Bonito Seguro” engloba diversas ações para a retomada segura dos destinos, mostrando que estão preparados para receber os turistas em um cenário de pós-pandemia de Covid-19.   

A campanha é fruto de uma ação conjunta entre o Sebrae, Sistema Fiems/Sesi MS e Sistema Fecomércio/Senac MS, e começou inicialmente com o apoio às entidades locais na formulação dos protocolos de biossegurança para cada segmento turístico, que foram apresentados à prefeitura de Bonito. Com a aprovação gradual dos documentos, o desafio é levar as novas regras para os negócios, como bares, restaurantes, agências, hotéis, dentre outros.

Neste sentido, a parceria visa a adoção dos protocolos pela totalidade das micro e pequenas empresas. Para o presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae/MS e presidente do Sistema Fiems, Sérgio Longen, a atuação possibilitará o desenvolvimento da região, já que a ação prepara os destinos turísticos para a retomada segura, aumentando a competitividade em pontos que serão fundamentais para os turistas.

“Neste momento de crise, mostramos mais uma vez que o Sistema S está junto dos empresários, fornecendo as ferramentas necessárias para que possam retomar as atividades e atender aos requisitos da vigilância sanitária. Apoiamos a retomada segura do Turismo, que é a principal atividade econômica de Bonito, que garante emprego e renda na região”, disse o presidente.

“Bonito já é uma referência internacional no Ecoturismo. Com a atuação do Sistema S, governança local e o protagonismo dos empresários, vamos reposicionar a cidade também como referência de turismo seguro. Além dos pequenos negócios demonstrarem a responsabilidade social, iremos atender às novas demandas dos turistas, que estão mais atentos a questões sanitárias. É uma oportunidade para o Estado”, afirma o superintendente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça.

Bonito Seguro

Entre as ações previstas, estão desde consultorias gratuitas de biossegurança para os pequenos negócios; divulgação de conteúdos diversos como e-books e lives sobre o assunto para orientar empresários; rodadas de negócios entre as empresas e fornecedores para a aquisição de equipamentos de proteção individual (EPIs) para colaboradores; feiras digitais; além de visitas às empresas para diagnósticos e acompanhamento.

Com todo o trabalho, a expectativa é garantir uma segurança extra para o município, já que em nível nacional, o Ministério do Turismo lançou o selo “Turismo Responsável – Limpo e Seguro” para empresas do setor retomarem atividades seguindo protocolos de higienização. A proposta é também orientar os pequenos negócios quanto às indicações da pasta.

A atuação do Sistema S é realizada em parceria com a governança local do turismo, por meio das entidades Conselho Municipal de Turismo de Bonito (COMTUR), Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio de Bonito, Instituto de Desenvolvimento de Bonito (IDB), dentre outras.

Em breve, será lançada uma plataforma com todas as ações do programa Bonito Seguro. Por enquanto, os empresários interessados nas consultorias de biossegurança devem procurar o Sebrae por meio do telefone 0800 570 0800.

Tags: Sebrae Orienta, Turismo Seguro, ecoturismo, Bonito Seguro