Semana do MEI

Coxim e região tem programação da Semana do MEI com atendimentos e palestras

Sebrae oferece orientações e palestras sobre como melhorar as vendas e na área de finanças

Cinco cidades do Norte de Mato Grosso do Sul vão participar da Semana do Microempreendedor Individual (MEI), que é realizada em todo o país entre os dias 20 e 24 de maio, com o tema "Conhecimento para você, sucesso para o seu negócio", uma semana de orientações e capacitações aos microempreendedores individuais. 

Sebrae oferece orientações e palestras sobre como melhorar as vendas e na área de finançasA cidade de Coxim recebe as ações nos dias 23 e 24 de maio, na sede do Sebrae, na Avenida Salgado Filho, 105 - Jardim Aeroporto. Alcinópolis terá atividades nos 22 e 23 de maio, no CRAS (Centro de Referência de Assistência Social), na Avenida Averaldo Fernandes Barbosa, n° 841 - Centro e na Sala do Empreendedor, na Rua Maria barbosa Carneiro, n° 633 – Centro.

O município de Chapadão do Sul recebe as ações de atendimento ao MEI e palestras nos dias 20 e 21 de maio, na Sala do Empreendedor, Sala do Empreendedor Chapadão do Sul: Avenida Onze, n°1000 – Centro. Figueirão realiza as ações nos dias 21 e 22 de maio, na Sala do Empreendedor, Avenida Moisés de Araújo Galvão, n° 1012 – Centro e no auditório da Prefeitura de Figueirão, que fica na Avenida Moisés de Araújo Galvão. n° 591 – Centro.

Os interessados podem tirar dúvidas e participar de palestras, oficinas e capacitações com especialistas em pequenos negócios. Alguns dos temas abordados serão: vendas, independência financeira, benefícios para o MEI, créditos, entre outros. As inscrições para palestras e oficinas serão realizadas na hora e as vagas são limitadas com atendimento gratuito. No site do Portal Sebrae Mato Grosso do Sul, os empreendedores poderão ter acesso a programação completa.

MEI

Para ser um microempreendedor individual é necessário faturar o máximo R$ 81 mil no ano (média mensal de R$ 6.750, que deve ser calculada de acordo com o mês em que foi feita a formalização) e não ter participação em outra empresa como sócio ou titular. Pode-se ter um empregado contratado que receba o salário mínimo ou o piso da categoria.

O MEI é automaticamente enquadrado no Simples Nacional e está isento dos tributos federais (Imposto de Renda, PIS, Cofins, IPI e CSLL). Assim, paga apenas o valor fixo mensal de R$ 49,90 (Comércio ou Indústria), R$ 54,90 (Prestação de Serviços) ou R$ 55,90 (Comércio/Indústria e Serviços juntos) - destinado à Previdência Social e ao ICMS ou ao ISS -; montante atualizado anualmente, conforme o salário mínimo.

Tags: Sala do Empreendedor, Semana do MEI, MEI, Microempreendedor Individual