Bonito Seguro

Hotéis de Bonito adotam medidas de segurança e recebem selo de certificação

Negócios aderem a consultorias de biossegurança do Programa Bonito Seguro, demonstrando compromisso pela retomada segura do Turismo na região

Bonito Seguro: Estabelecimentos que cumprirem 100% das medidas de biossegurança recebem selo de certificaçãoA rede de hospedagem de Bonito aderiu em massa às consultorias de biossegurança do programa Bonito Seguro, realizando adequações como oferta de álcool em gel e mudanças físicas para conter o contágio por Covid-19. Ao efetuar 100% das boas práticas, os empresários recebem um selo de certificação do programa, mostrando o compromisso com a retomada segura do turismo.

É o caso do Marruá Hotel, que recebeu nesta sexta-feira (03) o símbolo. O estabelecimento adotou todos os requisitos de biossegurança previstos na consultoria em Protocolos de Saúde e Segurança Covid-19 do programa Bonito Seguro. A gerente geral, Maria Aparecida Sanches, conta que a prioridade é a segurança dos turistas e colaboradores.

“O selo traz uma credibilidade para o nosso estabelecimento, porque em um momento tão difícil nos adequamos em trazer segurança para os nossos clientes e colaboradores. Seguimos o protocolo, alguns procedimentos já tínhamos. Todos os colaboradores estão equipados com os equipamentos de proteção, disponibilizamos álcool em gel em todos os locais de acesso”, comenta.

Com todos os procedimentos seguidos à risca, o hotel reabriu as portas para os turistas na última quarta-feira (1º), dia da reabertura das atividades turísticas no município. “Estamos tendo uma surpresa agradável, tivemos nossos primeiros hóspedes, cada hóspede que ficar conosco é muito importante nesta retomada, e o sul-mato-grossense está procurando”, comemora a gerente.

O segmento de hotéis está comprometido com a retomada segura do turismo em Bonito, principal destino de Mato Grosso do Sul. Segundo o gerente da Unidade Regional do Sebrae/MS, Matheus Oliveira, outros estabelecimentos já fizeram as consultorias e receberam os selos. “Tivemos uma adesão em massa da rede de hotéis, o setor demonstrou grande maturidade, temos hotéis que já atingiram a margem de 100% de atendimento do protocolo”.

Adequações

A presidente da Associação Bonitense de Hotelaria (ABH), Gitane Klain, explica que o protocolo de segurança do destino – que é repassado na consultoria – é um resultado da atuação da entidade junto ao Sistema S, que auxiliou na elaboração do documento. Ela conta que as adequações foram pensadas desde o momento da chegada do turista até sua saída.

“O turista vai procurar um local que oferte segurança, e quando o visitante vai para um destino, a maior parte do tempo ele fica no hotel. Então, pensamos desde a chegada do hóspede com a aferição da temperatura, a separação de lixo, o distanciamento entre as mesas nos restaurantes, desinfecção dos apartamentos, entre outros. Hoje estamos seguros em receber os visitantes”, disse.

Bonito Seguro

O Sebrae/MS, em parceria com as entidades do Sistema S – Sesi/MS e Senac/MS –, juntamente à governança local do turismo de Bonito lançou em junho o programa Bonito Seguro, que engloba diversas ações para a retomada segura da atividade turística no município.

As consultorias de biossegurança são gratuitas e ainda estão disponíveis para os empresários. Até o momento, mais de 500 empresas já solicitaram a consultoria. Os interessados devem se inscrever no site bonitoseguro.ms.sebrae.com.br. Mais informações pelo telefone 0800 570 0800. 

Tags: Bonito Seguro, Coronavírus, Turismo Seguro