Sebrae Orienta

Para reabrir, pequenos negócios contam com consultorias gratuitas em biossegurança

Soluções são resultado de parceria entre Sebrae, Sesi e Senac para auxiliar empresários sul-mato-grossenses com protocolos para reabertura

Negócios precisam adotar protocolos de segurança para reaberturaCom a pandemia do novo coronavírus, as empresas que retornam às atividades precisam garantir a segurança dos clientes e colaboradores, além de atender a normas municipais. Pensando nisso, o Sebrae/MS, o Sistema Fiems (por meio do Sesi/MS), e o Senac/MS ofertam um combo de consultorias gratuitas para auxiliar empresários de diversos segmentos a adotarem os protocolos necessários para a reabertura das atividades.

Ao todo, as instituições disponibilizam dois produtos para atender os negócios nos temas Saúde e Segurança no Trabalho: uma consultoria voltada às empresas que já estão funcionando, e outra para os negócios interessados em reabrir. O primeiro pacote inclui quatro horas de consultoria em Biossegurança, com foco na elaboração de Procedimentos Operacionais Padrão (POP) para qualquer segmento.  No caso de negócios da Gastronomia ou Beleza e Estética, a oportunidade salta para seis horas.

Já a segunda consultoria tem seis horas de duração, com foco na reabertura física da empresa, abordando o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), o Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional (PCMSO), finalizando com a elaboração do protocolo de reabertura para ser entregue à prefeitura de cada município.

“Reunimos todas as orientações para que o empresário possa operacionalizar o seu negócio dentro de uma biossegurança, para que não tenha risco de contaminar seus funcionários e clientes. A empresa estará preparada para voltar a atuar no mercado, e se for fiscalizada, estará de acordo com as regulamentações técnicas e legislação vigente para funcionamento”, explica a analista do Sebrae/MS, Luciene Mattos.

Apesar da consultoria, a decisão de liberar a atividade comercial é estritamente do poder público. “Iremos revisar todo o PPRA e o PCMSO do estabelecimento e entregar o protocolo de reabertura, para que a empresa fique correta. Se precisar entregar um plano individual de biossegurança nas prefeituras, como em alguns casos, o empresário pode entregar esse protocolo também”, complementa a analista.

As consultorias são subsidiadas para as micro e pequenas empresas pelo programa Sebraetec, que garante a gratuidade para os pequenos negócios. Além disso, todo o trabalho conta com a expertise técnica do Sesi/MS e Senac/MS.

Como se inscrever

As consultorias são ofertadas na plataforma online do programa Sebrae Orienta – criado pela instituição para levar soluções aos empresários neste momento de crise. Os interessados devem se cadastrar na página orienta.ms.sebrae.com.br.

Além das soluções em biossegurança, os inscritos no Sebrae Orienta têm acesso a consultorias gratuitas em Gestão Financeira, Marketing Digital e Mercado e Vendas, e também ganham uma peça para divulgação online (post para redes sociais, banner, etiqueta para embalagem, entre outros). Mais informações pelo telefone 0800 570 0800.

Tags: Coronavírus, Sebrae Orienta, Sebraetec, consultoria