Menos burocracia

Redesimples reduz em mais da metade tempo para abertura de empresas em MS

Sistema foi implementado em 18 municípios do estado, que receberam certificados durante a Rota do Desenvolvimento

Reduziu em mais da metade (53%) o tempo para a abertura de empresas em 18 municípios de Mato Grosso do Sul que implementaram ações da Redesimples, criada em 2007 a partir da Lei Federal 11.598. Para celebrar a redução de 36 para 17 dias, foi realizada nesta segunda-feira (07), durante a Rota do Desenvolvimento, a entrega dos certificados aos representantes destes municípios.

Presidente da Jucems destacou agilidade para atender às necessidades do empresário

A iniciativa é fruto da parceria entre o Governo Federal com o Sebrae, Governo do Estado de MS, Jucems (Junta Comercial do Estado de Mato Grosso do Sul), Receita Estadual, órgãos de fiscalização e licenciamento (como Bombeiros, Vigilância Sanitária e Meio Ambiente), e prefeituras.

Os trabalhos intensivos para implementar o sistema que integra e facilita a comunicação entre as instituições envolvidas na abertura e fechamento de empresa começaram há cerca de dois anos no estado. "O objetivo é ampliar o projeto a outros municípios que manifestarem interesse. Para isso, basta o gestor público procurar o Sebrae/MS ou a Jucems", destaca Cláudio Mendonça, superintendente do Sebrae em MS.

"Nosso objetivo é facilitar o caminho para quem quer empreender, de modo mais rápido possível", afirma Augusto César Castro, presidente da Jucems. Segundo ele, a meta é reduzir ainda mais, para 5 dias, a abertura de empresas para negócios de baixo risco nos municípios que aderiram ao projeto.

Prefeito de Coxim, Aluizio São José, foi um dos receberam certificado de implementação da RedesimplesImplementaram a Redesim: Amambai, Aparecida do Taboado, Campo Grande, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Ivinhema, Jardim, Maracaju, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Rio Brilhante, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia e Três Lagoas.

Serviço

A Rota do Desenvolvimento começou nesta segunda-feira (07) e segue até quarta-feira no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande. Todas as atividades são gratuitas e a programação completa encontra-se no site www.rotadodesenvolvimentoms.com.br. O credenciamento é feito no local do evento.

São realizadores: Governo do Estado de Mato Grosso do Sul/Semade, Sebrae, Sesc, Senac, Senai, Sesi, IEL, Senar, Sest Senat, e Sistema OCB/MS. Apoiam a iniciativa: Amems, Assomassul, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Faems, Fundect, Sistema Famasul, Sistema Fecomércio MS, Sistema Fiems e UFMS.

Tags: Desburocratização, Empreendedorismo, Rota do Desenvolvimento, REDESIMPLES