Desenvolvimento local

Sebrae e Prefeitura de Ribas lançam Cidade Empreendedora a moradores

Empreendedores, gestores públicos, estudantes e outros representantes da sociedade local conheceram programa de desenvolvimento nesta quinta-feira

Evento contou com a presença de empreendedores, gestores públicos, estudantes e outros representantes da sociedade local

O Cidade Empreendedora foi apresentado oficialmente à população de Ribas do Rio Pardo na noite desta quinta-feira (08) pelo Sebrae/MS e pela Prefeitura Municipal, em evento aberto ao público realizado na Câmara de Vereadores. O programa tem o objetivo de promover o desenvolvimento local, com ações que são fruto de um trabalho conjunto que identifica e atua em eixos estratégicos da economia, até o final de 2019, focado de acordo com a vocação de cada região (como, por exemplo, agricultura familiar, comércio, serviços, entre outros).

“Estamos desenvolvendo oportunidades, para que a cidade possa crescer e ter um diferencial. Dessa forma, criamos juntos um propósito de geração de renda e satisfação dos cidadãos, pessoas interessadas e com vontade de mudança”, destaca Cláudio Mendonça, superintendente do Sebrae em MS.

Segundo o prefeito Paulo Silveira, o programa vai ajudar a desenvolver ações para tornar os negócios do município mais competitivos. “Os objetivos vão ao encontro do que queremos para a nossa cidade. Ao final deste processo, esperamos que as empresas possam oferecer serviços de maior qualidade à comunidade e aos visitantes”, ressalta.

Durante o evento, o ex-prefeito de Crissiumal (RS), Walter Heck, falou sobre sua experiência na gestão pública, com atuação em conjunto ao Sebrae e outras instituições de fomento produtivo. Ele destacou a profissionalização no campo e a importância de o pequeno agricultor ter visão de negócios; o envolvimento dos habitantes locais nos rumos da cidade e os impactos positivos que micros e pequenos empreendimentos geram para o território.

“O planejamento do município tem que ser feito com a comunidade e a longo prazo, não só para quatro anos de gestão. Eu prefiro 200 pequenos negócios gerando 2 empregos cada do que um grande que gere 5 mil, porque em caso de fechamento não há desarranjo econômico e social”, afirma.

Heck também exaltou um trabalho realizado na cidade gaúcha no qual jovens estudantes foram estimulados a conhecer a produção local e entender o trabalho das pessoas que fazem com que os produtos locais cheguem até eles. “Assim, além de valorizarem todo o processo, alguns ainda cultivaram a vontade de fazer do sítio um empreendimento”.

Definição dos rumos do município

Na manhã desta sexta-feira (09) o Maktub Festas e Eventos recebe ainda a Oficina Mapa de Oportunidades, para definir os pontos fortes e fracos do município, e as oportunidades e ameaças existentes para o desenvolvimento local. “É um momento em cada cidadão se envolve e ajuda a definir caminhos para o crescimento de nossa cidade. Esperamos que a população esteja presente novamente em cada etapa do programa”, destacou Diógenes Marques, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico.

Os interessados em conhecer mais sobre a metodologia do programa e detalhes sobre os trabalhos realizados em Mato Grosso do Sul devem entrar em contato com a Central de Relacionamento do Sebrae no telefone 0800 570 0800.

Tags: Cidade Empreendedora