Sebrae 2020

Sebrae lança ações para 2020 estimulando novo momento econômico em MS

Governador Reinaldo Azambuja e prefeitos se comprometeram com melhorias para ambiente de negócios

Iniciativas visam construir um novo ambiente de negócios para MSAutoridades federais, estaduais e municipais, empresários e a imprensa local participaram nesta segunda-feira (10) do lançamento do Sebrae 2020 – Acelerando Negócios, uma série de iniciativas criadas pela instituição para construir um novo ambiente de negócios para o Estado. O evento contou ainda com as federações e entidades que representam o setor produtivo de Mato Grosso do Sul.

Na sede do Sebrae na Capital, gestores e parlamentares se comprometeram em realizar melhorias para o ambiente de negócios de MS, por meio da assinatura de um termo para implementar as determinações previstas na Lei da Liberdade Econômica. A legislação, em vigor desde setembro do ano passado, reduz a burocracia na atividade empresarial.

Segundo o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae/MS e presidente do Sistema FIEMS, Sérgio Longen, as expectativas são de acelerar o desenvolvimento econômico. “Com estas ações construídas hoje pelo Sebrae, com autorização do nosso conselho e participação dos prefeitos, vamos avançar com números muito positivos, que fazem base da nossa economia, base da nossa ação de apoio ao desenvolvimento do Estado”, disse.

Para tanto, será necessário o comprometimento do poder público. Desta forma, o termo foi assinado entre o governador, Reinaldo Azambuja, e mais 11 prefeitos de Mato Grosso do Sul. “O Brasil precisa tirar as amarras do Estado brasileiro, são elas que atrapalham o desenvolvimento do país. É preciso diminuir a burocracia e facilitar a vida do cidadão. A Lei da Liberdade Econômica é uma das ações para tirar esse peso do Estado”, disse o chefe do Executivo Estadual.

Complementando, o secretário de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck afirma que outras ações serão realizadas em Mato Grosso do Sul. "Temos uma série de outras ações além da Lei da Liberdade Econômica que também serão realizadas para simplificar o estado, como o MS Mais Simples", disse.

De acordo com o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, o deputado Paulo Correa, a Casa de Leis está à disposição para auxiliar a implementar a legislação em nível estadual. “Estamos às ordens, temos que ter coragem de fazer as mudanças. Isso é modernidade e precisamos ficar prontos".

Sebrae 2020

Ainda no local, o Sebrae apresentou as ações para estimular um cenário competitivo para o estado: o Mapa da Liberdade Econômica – uma plataforma que analisa os municípios quanto à aderência à nova legislação; a Jornada Empreendedora, com o calendário de eventos previstos no ano; e o Acelera 2020, programa que irá selecionar 2.020 empresas de MS para acompanhamento visando resultados impactantes, por meio de quatro pilares: melhoria de faturamento, produtividade, redução de custos e inovação.

Também foram lançadas outras iniciativas para os empreendedores: as soluções digitais Radar de Oportunidades, que indica a localização ideal para abertura de empresa, de acordo com o segmento e perfil de mercado-alvo; Simulador de Negócios, que simula cenários para abertura de empresa, com previsões financeiras e operacionais; e App Sebrae, um aplicativo com um conjunto de ferramentas para facilitar a vida do microempreendedor individual. Todas já estão disponíveis de forma online ou na loja de aplicativos.

A instituição também apresentou os projetos Escola de Negócios – voltada para quem quer abrir um negócio; Programa de Crédito Orientado, que visa uma articulação com agentes financeiros em busca de condições diferenciadas de crédito para pequenos negócios; e Inteligência Institucional, que reúne uma coletânea de estudos e pesquisas à disposição da sociedade, que visam auxiliar os empreendedores na tomada de decisões.

"Atuamos em duas linhas claras: criar um ambiente favorável para a pequena empresa e trabalhar dentro do negócio. Se cada empresa conseguir contratar mais um empregado, quantas pessoas nós vamos conseguir tirar do desemprego? Vamos fazer um levantamento nas 79 prefeituras mapeando onde está o ambiente mais favorável para a empresa se desenvolver”, finaliza o superintendente do Sebrae/MS, Claudio Mendonça.

Tags: Ambiente de negócios, Conselho Deliberativo Estadual, Desburocratização