Sebrae premia destaques na área de educação empreendedora em MS

Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora faz homenagem a professores municipais e estaduais de educação

Colocar ideias em prática e transformar projetos em realidade é a proposta da educação empreendedora e a coroação deste trabalho árduo de professores que estimulam o empreendedorismo em sala de aula, gerando oportunidades e transformando a sociedade foi a entrega do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora Etapa Estadual, que aconteceu nesta quarta-feira (12), no auditório do Living Lab MS, em Campo Grande.

Os ganhadores do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora

 

Ao todo foram 24 inscritos de 11 municípios do Estado, sendo eles: Alcinópolis, Bataguassu, Campo Grande, Chapadão do Sul, Coxim, Dourados, Figueirão, Maracaju, Nova Andradina, Ribas do Rio Pardo e Sidrolândia.

Durante o encontro, o gerente da Unidade de Competitividade Empresarial do Sebrae/MS, Rodrigo Maia, enalteceu a importância de reconhecer os professores na construção de um futuro melhor para todos. “O trabalho que o Sebrae faz hoje é apenas um esforço de uma instituição que deseja fazer diferença na vida das pessoas, somos entusiastas do desenvolvimento do capital humano”, declarou. 

A professora Lucilene Trindade Pereira Milbratz, de Chapadão do Sul, foi a vencedora na categoria ensino fundamental com o projeto Semeando conhecimento, colhendo um empreendedor. “Comecei a me entusiasmar pelos comportamentos empreendedores. Um dos meus alunos já está empreendendo, ele tem o sonho de ter uma floricultura e ele já faz mudas, vasos e está vendendo para feiras, já concretizando sonhos”, disse.

Na categoria ensino médio quem levou o prêmio foi a professora Tamiles Carvalho Fragnan, de Nova Andradina. “Como a gente desenvolveu o piso tátil ecológico de baixo custo ajuda os alunos a entender melhor sobre a inclusão, incentivando a prática de acessibilidade e o melhor é que conseguimos fazer isso dentro da escola”, comentou.

O professor Peterson da Silva Santos, de Campo Grande, conquistou o destaque na categoria ensino profissional com o projeto Impulsionando o Ecossistema de Jogos Digitais. “O mercado de games em MS não existe então, o nosso primeiro desafio como educador e empreendedor foi fazer com que os alunos tenham a consciência de que eles podem criar esse mercado e ter uma visão de trazer a inovação para o estado”, pontuou.

O professor Sandro Gomes Rodrigues, de Campo Grande, ficou em primeiro lugar por suas iniciativas na categoria ensino superior com o projeto Feira de Empreendedorismo e Empregabilidade. “Trabalhamos com palestras, oficinas por meio de elaboração de plano de negócios e visitas técnicas, bem como modelos de negócios de sucesso. O Sebrae foi desde o início um participante efetivo das nossas ações, dando todo suporte e possibilidade do desenvolvimento do projeto”, falou.

Palestra

No encontro, o tema “Educação Empreendedora no Ensino Formal” foi abordado pela Prof. Dra. Rose Mary A. Lopes, que é mestre e doutora em psicologia social pela USP. Ela destacou que as competências empreendedoras são subdivididas em três áreas, sendo elas: identificação de ideiais e oportunidades; mobilização de recursos (consciência de si e autoeficácia, angariar recursos necessários, mobilização de pessoas) e ação (tomar iniciativa, planejamento e administração, tomada de decisões, aprender fazendo).

Rosemary destacou as soluções de educação empreendedora do Sebrae como o Programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP), que já vem alcançando muitos jovens. O empreendedorismo está ligado a criação de empreendimentos pessoais ou produtivos articulados ao projeto de vida, ou seja, ao estruturar iniciativas empreendedoras a atuação como protagonista de sua trajetória se fortalece.     

Vencedores

Categoria: Ensino Fundamental

1º lugar – Lucilene Trindade Pereira Milbratz (Escola Municipal Carlos Drummond de Andrade - Chapadão do Sul)

2º lugar – Breno Augusto Bastos Alexandre (Escola Estadual Polo Profª Regina Lúcia Anffe Nunes Betine - Campo Grande)

3º lugar – Alessandra Aparecida Neves (Escola Estadual Presidente Tancredo Neves - Dourados)

4º lugar – Celso Augusto de Oliveira Junior (Escola Estadual Dr. Arnaldo Estevão de Figueiredo - Figueirão)

Categoria: Ensino Médio

1º lugar – Tamiles Carvalho Fragnan (Escola Estadual Profª Fátima Gaiotto Sampaio – Nova Andradina)

2º lugar – Pedro Ladeia Costa (Escola Estadual Padre João Greiner – Campo Grande)

Categoria: Ensino Profissional

 1º lugar – Peterson da Silva Santos (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial/MS – Campo Grande)

Categoria: Ensino Superior

1º lugar – Sandro Gomes Rodrigues (Faculdade Estácio de Sá de Campo Grande – Campo Grande)

2º lugar – Fabiano Nagamatsu (Unigran Capital – Dourados)

3º lugar – Diego Rorato Fogaça (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul – Campo Grande)

Tags: Prêmio de Educação Empreendedora, educação empreendedora